15 de dez de 2010

Cura

Um comunicado oficial, publicado pela revista alemã, Stern, declarou a cura de um homem da infecção por HIV, pela primeira vez na história.
O tratamento pelo qual Brown passou foi agressivo: quimioterapia que destruiu a maior parte de suas células imunes. Irradiação total do corpo. E depois, um transplante arriscado de células-tronco no qual cerca de um terço dos pacientes não sobrevivem – mas que parece ter curado Brown completamente da Aids”, diz o comunicado.

Os primeiros sinais de que o vírus havia sido abatido eram promissores, mas agora, sem o tratamento para o HIV, testes não mostraram qualquer sinal do HIV, os médicos puderam declarar oficialmente:

“Ele está curado. O que isto significa para o futuro do tratamento da Aids? Não é qualquer paciente com HIV que pode ou quer passar pelo sofrimento enorme necessário para a cura de Brown, nem é qualquer um que pode ou quer pagar pelo procedimento. Mas pela primeira vez, descobrimos que a Aids pode ser curada, não só tratada. Isto abre novos caminhos de pesquisa – terapia genética, tratamentos com células-tronco – que poderiam ter sido desconsiderados antes”.

Fonte: DOL

Nenhum comentário: