19 de dez de 2010

Há há há

A maldade alheia se apresenta anônima sempre, cheia de inveja, infâmia e rancor pelo próprio fracasso.
Triste, mas nem o gênio da psicanálise explica.
Mas Ibrahin Sued, o turco que ficou rico e poderoso já dizia, os cães ladram e a caravana passa.
Sempre passa. E normalmente passa sobre essa mesma gentinha.

2 comentários:

Anônimo disse...

???? o que houve Bacana?

Anônimo disse...

"Os cães ladram e a caravana passa" é um provérbio Árabe. Quando usamos frases ou provérbios de outros autores, seus nomes devem ser citados, para que não "passemos" como desinformados. Isso não é bacana